Categorias
Facebook Ads Home estilo 2 - slideshow

FACEBOOK ADS – JOGANDO COMO PROFISSIONAL

                                                     FACEBOOK ADS – JOGANDO COMO PROFISSIONAL

Seus anúncios estão funcionando muito bem e, em seguida, aparentemente do nada eles param de performar.

Você está surpreso e decepcionado ao saber que seus anúncios deixaram de produzir um lucrativo retorno sobre o ad-(ROAS), eles não têm uma taxa de cliques constante, e / ou você não tem qualquer nova qualificação de novos leads.

Quando o choque inicial começa a se desgastar, você fica se perguntando o que fazer para meus anúncios voltarem a performar como antes.

Seu cérebro está cheia de perguntas: Talvez você poderia ter monitorado os seus anúncios com mais frequência? Talvez você poderia ter testado mais criativos? Será que eu cometi algum erro com orçamento ou na escolha do posicionamento dos meus anúncios?

Independentemente de como você chegou aqui, o importante é saber que há um caminho a seguir.  E que juntos, podemos elevar o nível do seu jogo! 

Performance de seus anúncios “A fase da tristeza”

Quando seus anúncios no Facebook param de executar, seu primeiro instinto provavelmente é entrar em pânico. Então você quer saber imediatamente o por que (no exato instante ) isso está acontecendo.

Uma vez que você passa este momento inicial de incompreensão e dor, você passa a  olhar em frente com um olhar investigativo sobre o mesmo.. Este post é sobre esses estágios e como lidar com cada um deles e assumir o controle e os lucros novamente.

Não entre em pânico

Quando você cai em si e diz “os meus anúncios não estão funcionando!”  E vem aquele sentimento de fracasso, eu sei que é difícil manter a calma e não entrar em pânico em alguns casos. Isso já aconteceu comigo e acontece com qualquer profissional do mercado.  A dica inicial é, respire fundo e pergunte a si mesmo:

Está tudo realmente falhando ou é apenas alguns conjuntos de anúncios e / ou audiências?

Esta é uma questão importante que você deve mergulhar mais a fundo porque seus resultados normalmente devem apontar que  públicos ou conjuntos de anúncios estão  realmente performando como deveriam

Eu mensuro o desempenho dos anúncios para a maioria dos meus clientes com custo por aquisição, click-through-rate, relevância, retorno sobre o ad-gasto, visualização de página  e outras métricas. Depois de executar estas avaliações, eu construo dashboards personalizados usando a ferramenta de relatório personalizado dentro do Gerenciador de Anúncios.

Então eu selecione “Personalizar colunas” para identificar os dados que deseja relatar.

Depois que eu avaliar melhor esses dados, ele me dá uma imagem muito melhor do que está funcionando eo que não é. Eu, então, tomo notas detalhadas sobre o que ainda é um bom desempenho para que eu possa incluí-lo na minha reconstrução do anúncio.

Dê um passo para trás e comece a pensar sobre AD Competição

Vamos dar um passo rápido para trás e lembre-se que durante o ano passado, especificamente neste primeiro semestre de 2018,  a competição de ADs continuou a aumentar significativamente no Facebook e Instagram, especialmente no Facebook News Feed.

Facebook avisou os anunciantes sobre essa mudança a partir de 2016 e que continuou a falar sobre o assunto em 2017. (em inglês)

Em suma, há mais pessoas na publicidade do que nunca e a “carga ad” (AKA o número de anúncios que está sendo mostrado no feed de notícias) aumentou, enquanto o número total de usuários (especificamente, os usuários da América do Norte) não aumentou no mesmo ritmo constante.

Para combater o problema de concorrência ad crescente, Facebook ofereceu novos colocação de anúncios em  Messenger , Marketplace  e Instagram Stories , por isso os resultados podem ser definitivamente suprimidos se os anunciantes não se atentarem para estas novas colocações e se ater apenas ao seu antigo playbook, previamente bem sucedido.

Pergunte a si mesmo: se  você ainda só visando a News Feed do Facebook? Se assim for, continue lendo …

Na maioria dos casos, o desempenho do anúncio diminuiu devido a um ou mais dos seguintes motivos:

  1. Audiências estão “desgastados” e têm sido usado em demasia
  2. Criativo não foi atualizado recentemente
  3. Os posicionamentos (lugares de veiculação) são muito limitados 
  4. Seu lance por anúncio é muito limitado

Então, vamos descompactar cada uma dessas questões.

1. As audiências estão “desgastadas”

Diga essa frase comigo:  A primeira taxa impressão. É um grande negócio. Esta estatística do Facebook  nos diz o de dia e o conjunto de anúncios, quantas  impressões que você está mostrando pela primeira vez.

Quando você inicia um novo anúncio para um novo público, esse número é de 100%. Como o passar da campanha mais tempo e mais dinheiro gasto, esse número diminui. É importante entender essa métrica em relação ao desempenho do anúncio, porque se esse número cai abaixo de 50%, você provavelmente precisará atualizar criativo ou reconstruir esse público.

Você pode começar a encontrar “delivery insights” no nível do conjunto de anúncios.

Uma vez que você clicar em que “delivery insights” que levará você para esta tela.

A partir daqui, você é capaz de ver muitos pontos de dados, mas há um que é especialmente importante: First Time Ratio Impression. Este número mostra quantas dessas pessoas estão vendo o anúncio pela primeira vez.

Neste caso, é muito baixa. Normalmente, queremos que seja acima de 50% para a prospecção ou novos clientes potenciais. Se você está atualizando criativo e seus tamanhos audiência está certo, esse número vai ficar acima de 50%.

Aqui, o número é inferior a 10%, ou seja, 90% desse público já viu o anúncio antes. Se eu olhoar para a frequency metric (métrica de frequência), eu provavelmente vou ver que esse número esta acima de uns 3 ou 4 dentro de um período de 7 dias e isto é um grande problema.

2. O criativo não foi atualizado recentemente

Seja honesto: Quando foi a última vez que você atualizou seu anúncio criativo? Quando foi a última vez que você testou novas idéias criativas em todas as partes do funil? Que tal testar stand-alone fotos posts , ou criativo específico do Instagram?

Um dos problemas mais comuns que eu vejo ao auditar as contas do Facebook é um foco singular em um tipo de anúncio.

Por exemplo, em algum lugar ao longo do caminho um monte de anunciantes ouviu anúncios carrossel “sempre funciona muito bem.” Eles podem executar bem, sim, mas para a prospecção. Ms atualmente eles naõ estão entregando resultados sustentáveis ​​para a maioria das empresas. Claro, há muitas exceções – mas eles tendem a conduzir cliques, mas não como muitas compras.

Então, ao invés de só usar os carrosséis, por que não tentar construir um conteúdo que parece ou transmite , algo gerado pelo usuário? Ou que verdadeiramente foi gerado pelo próprio usuário? No ambiente competitivo de hoje, ajuda e muito alternar criativos que se parece com algo como a indicação de uma amigo, explicando o que o produto faz, e por que ele pode beneficiar a vida da pessoa.

Se você pode atualizar com êxito anúncio criativo e testar novas idéias a cada duas semanas, você estaria em um patamar muito acima. 

3. As posicionamentos (lugares de veiculação) são muito limitados

Eu não posso te dizer o número de vezes que eu vi contas que só visam o Facebook News Feed como posicionamento de aúncios. Não me interpretem mal, eu adoro o bom e velho News Feed, mas neste momento, é simplesmente muito competitivo ter que ser a único lugar que você está alvejando.

Aqui estão alguns outros canais em que eu vi recentemente um desempenho estável:

  • Facebook Marketplace
  • Facebook Messenger
  • Instagram News Feed
  • Instagram Histories

Talvez o mais notável, eu vi Instagram Histories entregando resultados positivos na prospecção de públicos similares ao do feed de notícias do Facebook.

Você já tentou com os novos canais?

Por simplesmente expandir suas opções, você pode ajudar a preços abaixarem e alcançar mais clientes em um ambiente menos competitivo.

4. Seu lance por anúncio é muito limitado

Na semana passada, em uma chamada de coaching, um cliente me pediu para explicar os prós e contras do lance por leilão de cliques  com o objetivo de conversão. Comecei a falar e não parei por mais de uma hora. Claramente, há muito para falar sobre este assunto!

Um dos cenários mais comuns que eu vejo é quando os anunciantes configuram o lance por clique em uma janela,  de  1 day click( clique em 1 dia).

Eu mesmo já usei bastante o lance de 1 day click e, em muitos casos, ele pode trabalhar, mas vamos pensar sobre o informação que você está dando Facebook. Você está dizendo para o Facebook, “Encontre-me as pessoas  que estão propensos a comprar algo dentro de um dia de clicar no meu anúncio.” 

Essa tática pode ser extremamente limitante. 

Pense em quantas vezes você clica em um anúncio e, em seguida, compra imediatamente. A maioria dos usuários não! Nós clicamos, olhamos em volta,  e pensamos nisso e  passamos a considerar que compra. Então talvez eu vou voltar no fim de semana e comprar o produto.

Este é a grande questão:  lance dentro da janela você acha que seus usuários vão realmente converter. Em muitos casos, começando com um de 7 dias clique ou 1 dia vista de lances pode ser mais útil para alargar esse público-alvo um pouco.

Existem inúmeras outras discussões que poderiam ter sobre o lance, mas um pouco de experimentação em janelas de conversão pode ir um longo caminho.

Reconstruindo seus anúncios para a lucratividade

Até agora você já fez a autópsia anúncio e você está pronto para começar a reconstruir seus anúncios. A reconstrução é um processo rico em dados baseados em utilizar o que funcionou antes, testando novas estratégias, e tentando alcançar as pessoas em diferentes partes da viagem de compra. Quando eu vou reconstruir, eu uso o guia abaixo.

Note que cada segmento de público tem uma oferta diferente e cópia do anúncio diferente. Fãs são diferentes do que os visitantes do site anteriores e clientes anteriores diferem de potenciais clientes que se envolveram com você.

Cada agrupamento tem a sua própria personalizada mensagem criativa e. Estas ofertas não são específicos para o que eu faço  todas as vezes , mas ela lhe dá uma ideia começando de como eu penso sobre isso.

Assumindo a Direção

Este post é apenas a ponta do iceberg de como transformar anúncios em torno da falta de escala – há uma abundância de outras opções e soluções. O que funcionou para você quando as coisas começaram a ir para o sul? Deixe-me saber abaixo nos comentários

Créditos:
Imagem  Freepik

Texto Original:  Jon Loomer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *